Principal diferença entre PANTONE e CMYK

Postado por: Administrador

Posso definir resumidamente como:

CMYK – É uma escala de tintas usado em material impresso, ou seja, a impressão é feita com 4 cores básicas, chamadas cores da escala, impressas sequencialmente, daí escala. São usadas seja em gráfica, silk, tampografia, flexografia, até mesmo sua impressora desktop, enfim, em tudo! 

PANTONE – São cores prontas, ou seja, cores exatas. Geralmente essas cores estão fora da malha de impressão CMYK e por isso são usadas à parte. Podem ser usadas também para impressão, trabalhando junto, ou não, com as cores CMYK.

Onde são usadas?

Habitualmente, quando falamos em “cor cromo” referimo-nos à cor reproduzida pelo sistema de impressão em Quadricromia, que usa as três cores primárias Cyan, Magenta e Yellow e o Black (CMYK).

É o método usado para imprimir fotografias a cores. As diversas cores são obtidas após a impressão através da mistura, em diferentes percentagens de tinta, dessas quatro cores (em inglês: process colors).

Quando falamos em cor Pantone referimo-nos a uma das cerca de 1100 cores do sistema de cores Pantone, que é um sistema que utiliza 15 cores base com as quais se fabricam as outras constantes do catálogo Pantone. Quando queremos imprimir uma determinada cor Pantone, fazemos a tinta correspondente misturando as tintas base com a fórmula constante no catálogo e imprimimos com essa tinta (também designada por cor direta, em inglês: spot color).

Como escolher CMYK ou PANTONE

Escolher entre CMYK e PANTONE depende de vários fatores:

  1. Se o trabalho tiver fotos a cores, será obrigatório imprimir em CMYK;
  2. Se o trabalho não tiver fotos a cores pode imprimir-se na mesma em CMYK (sendo que as cores são obtidas com a mistura CMYK após a impressão), mas por vezes, há vantagens em imprimir com PANTONES: se o trabalho tiver só duas ou três cores é preferível fazer as tintas respectivas e imprimir com essas cores, (cores diretas) poupando uma ou duas cores na tiragem e com a vantagem de evitar os problemas de registro da impressão CMYK.
  3. Se o trabalho tiver fotos a cores e uma ou duas cores “rigorosas” (por exemplo, num logotipo, com indicação das respectivas referências PANTONE), então o trabalho terá que ser impresso em CMYK, para a reprodução das fotos a cores, com acréscimo das cores PANTONE. Será, então, um trabalho com 5 ou 6 cores.

No entanto, isto é válido para impressão OFFSET. Em impressão digital, por vezes não é possível imprimir com outras cores sem ser as de CMYK, necessitando converter todas as cores para CMYK.

 

Em quais casos utilizamos o PANTONE?

A PANTONE pode ser utilizada nas seguintes situações:

  1. Quando você deseja trabalhar com uma imagem colorida (CMYK) e mais uma cor especial que o CMYK não consegue representar.
  2. Quando você quer fazer um impresso a uma, duas ou três cores apenas. Então você usa cores especiais para não precisar utilizar CMYK e com isso aumentar os custos do processo.
  3. Quando você vai imprimir um logotipo de uma empresa que só permite ser impresso na cor específica do logo.

Existem vários Pantones, entre eles os metalizados. Estes o CMYK não passa nem perto, aquele dourado que vocês com certeza já viram em alguma capa de revista, por exemplo.